22 de fevereiro de 2008

Andando, um dia, encontrei um amigo que assobiava. Disse-me ele que me parecia com a Évora, A andar por ai descalço. Respondi-lhe então que se parecia com Cícero, A andar por ai assobiando. Despedimo-nos ainda sem saber qual seria a melhor forma de se andar.

Nenhum comentário: