21 de setembro de 2009

A Infância de Meus Pais 1

não posso dizer que tenha gostado muito desta tirinha. eu gostei de partes dela, apenas. o primeiro quadro, por exemplo, é de longe o melhor, mais desencanado, com certa personalidade, quase que se sustenta. já no segundo, porém, tentei colocar o neocolor no carro mas não deu muito certo, ainda que o moleque tenha ficado bacana nesta pose, não tive paciência de ir atrás de um bonde para desenhar direito, desencanei do fundo também. ai, desanimado com o resultado, o terceiro e o quarto quadros meio que abandonei. nunca tinha acontecido isso antes, estou meio chateado, até porque comecei a desenhar/planejar esta tirinha num estado de espírito e conclui num outro completamente adverso, passando por um terceiro que não é dos melhores mas que talvez tivesse dado mais resultado se se prestasse a desenhar. de qualquer forma, acho que toda esta estória é porque entrei numas de achar que tenho que desenhar um pouco diferente do de sempre. e isto nunca é fácil. bom, chega de me desculpar, eu já não me aguento mais por hoje.

2 comentários:

Yuri Machado disse...

dá pra ver que você foi desanimando sim

mas acho o segundo quadro bem bom sim, só o terceiro e o quarto que estão meio "esboço" demais

mas o movimento do ultimo quadro está divertido!

daniloz disse...

ah cara, já cansei de falar que desanimei desenhando esta ai, mas de certa forma ela me deu vontade de voltar a desenhar depois da 'l'abscence'.