30 de setembro de 2009

meu fim de mundo 11

tinha me esquecido de colocar o esboço também. com esta estória de estar sem computador fica difícil lembrar de levar os dois cadernos até o escritório da minha mãe ou do meu pai.
eu tinha ainda a idéia de fazer a mão se fechar de novo e guardar tudo no bolso, mas achei que a sequência e a diagramação perderiam muito com dois quadros a mais.

3 comentários:

Bruno K disse...

ah, que pena que não continuou.

danilo, suas séries eu adoro.

Beá Meira disse...

Danilo que maravilha!
Agora a vida do gigante prepotente, que tudo pode.

daniloz disse...

heheh, valeu bruninho, depois eu continuo isso num outro desenho.
beá, quando se trata de representar alguma coisa no desenho, pelo menos deste tamanho, eu me sinto meio que 'o gigante que tudo vê', se podemos chamar assim, hehehe.