3 de março de 2010

el chaltén 14.02.2010


começo da trilha (entende-se subida) para o passeio chamado 'laguna de los tres', mas que é mais comumente chamado de fitz roy, por ser esta a montanha (cerro) mais marcante no passeio que sai também de el chaltén.


vale de el chaltén.


no caminho, uma surpresa agradável; 5 ou 6 pica-paus apareceram bem na nossa frente. não tinha muita luz, mas ainda sim deu para ver bem os pássaros-carpinteiros de cabeça vermelha. o legal é que eles esperaram o paspalhão aqui ficar trocando as lentes da máquina!


vejam que olho do mau eles não têm.


eles ficam bicando a casca das árvores para comer uns vermezinhos, tipo uns cupins, que ficam lá dentro. a gente chegou a ver um deles com um cupim destes na boca, se remexendo. a madeira desta árvore mais abundante lá me pareceu muito mole, não sendo (talvez seja uma coisa boa) adequada para construções. inclusive as pontes por que passávamos, improvisadas no caminho, cediam bastante e normalmente só se atravessava um por vez.


mairinha e seus tampões de ouvido mais que necessários, o vento era tão forte que entrava por uma orelha e saia pela outra em alguns momentos.


riozinho com vista para o cerro fitz roy.


jogo de vermelhos.


mairinha numa escala mais adequada de como nos sentimos na maioria do tempo em montanhas.


anda, frio, veste, sobe, calor, tira, venta, frio, põe, tira, sol, tira mais, põe de volta, ê vida complicada.


depois de subir 500 m verticais (em 3 m horizontais), parecia que já estávamos perto da laguna. a maíra nesta foto está andando num dos patamares que a geleira criou durante as eras glaciais. hoje em dia elas se encontram mais recuadas que antes, de forma que a lagoa está só no patamar mais alto da montanha.


muito provavelmente, esta é uma ex-laguna, hoje um charco.


pois é, somos realmente insignificantes por aqui.


sol, por favor, sol. ah, e não se esqueça de fazer o vento parar!


gelo no sol. um finzinho de neve para dar um gostinho.


rá! a outra foto de nós dois juntos.


cerro fitz roy com laguna de los tres a frente.


já se preparando para a descida (tomando coragem). eu adoro a posição dos pezinhos da maíra nesta foto.


vertedouro. por onde a laguna vai sendo drenada para uma outra, uns 300 m abaixo.



a maíra ficou indignada (com razão) ao ver um pedaço de saco plástico preso numa pedra dentro da laguna. foi lá e pegou, claro.


este passarucho ai estava já na nossa trilha de volta, num riozinho mais para baixo. curioso mesmo é a posição dos olhos dele na cabeça, estão quase fora dela, muito altos.


e ai, cansou?


este é o verdadeiro sabiá-da-patagonia.


margaridas. tinha tanta, mais tanta por estas bandas que chegava a enjoar.


e para terminar, uma montagenzinha da laguna de los tres e do fitz roy (com enfoque nas montanhas, distorcendo a laguna).

Um comentário: