9 de maio de 2010

meu fim de mundo 17


fica de homenagem para o dia das mães. foi sem querer, eu realmente não planejei a coisa com este fim, mas acho que meu subjetivo me pregou uma peça.

2 comentários:

Tito Peçanha Leitão disse...

seu "subjetivo"?
rsrsr

mãe sexy essa, não?

Pedro Emilio disse...

gostei.

acho que o subconsciente ficou subentendido nessa de subjetivo.