6 de outubro de 2010

aquarela experience 01


quando eu fui inventar de por aquarela no meio do tfg, não esperava que fosse muito diferente do nanquim. tomei um pau, mas pau tão grande que percebi que tinha que treinar um pouco antes de inventar moda. este estudo foi o que eu chamaria de 'primeiro estudo consciente' de aquarela, quando eu percebi que não era tão simples quanto o zé-mané aqui achava (apesar de tudo e todos sempre dizerem que não era fácil). bem, mas sabendo com o que eu estava lidando (ainda que em estágio inicial), e sem esperar resultados desta vez, vi não é um bicho de sete cabeças. claro, que daí a fazer um troço decente vai MUITO trabalho, mas até que achei satisfatória a experiência, deu vontade de praticar.

2 comentários:

Anônimo disse...

justamente o fato de você não ter o domínio da técnica torna sua pintura mais interessante, sem vícios e com a mesma expressividade do seu desenho. continue praticando.
pratique, pero no mucho.

anônimo para vocie ficar com pulga atras da orelha ;)

abraço!

daniloz disse...

valeu, sr anônimo.
eu só sei uma coisa de você, hahaha, é que usou um mac para escrever este recado.
mas pódexá.
abraço