17 de outubro de 2010

tfg - 15/xx



no primeiro quadro, e também no segundo, a mão direita foi desenhada com a esquerda. tá, parece arrogante, mas faço isso a algum tempo já, eu gosto, aquele papo todo de simetria do corpo e tal, enfim. mas o que me assutou foi o fato destes desenhos terem ficado melhores que os que fiz, na sequência, com a mão direita. por exemplo, a direita com a jarra está muito melhor que a esquerda com o copinho. resumindo, acho que estou com algum problema cognitivo sério no célebro ou era canhoto e minha mãe maldosa e dominadora me forçou a virar destro (not!).


e na busca pelo contraste, que parece ter fugido completamente de mim quando comecei com a aquarela, tentei dar uma carregada e ser um pouquinho mais gestual na pintura, para não deixar aquele ar muito pasteurizado que vinham tendo as últimas pranchas. agora, mão eu já consigo desenhar direito, falta tomar coragem e encarar uns rostos, fazer os corpos direito, pessoas, sempre o mais difícil.

Nenhum comentário: