5 de dezembro de 2010

intervenção no anhangabaú I

Fui muito bacanamente chamado, já faz um bom tempo, julho, se não me engano, pela equipe formada por Ana Rüsche, Ana Paula do Val, Juliana Corradini e Nelé Azevedo (obrigado, moças!), para ilustrar uma proposta que elas desenvolveram para o edital 'Arte na Cidade', da prefeitura de São Paulo. O projeto era, toscamento resumindo, uma grande escultura linear em três patamares sobrespostos, feita daquele tecido azul de revestir edifícios em construção, que evocasse o rio Anhangabaú, dezenas de metros abaixo do que chamamos hoje 'Vale do Anhangabaú' e todo um arcabouço histórico guarany que elas resgatarm. Minha missão era tentar ilustrar a idéia, que fiz da melhor forma que consegui. O desenho de cima fiz lá do Viaduto do Chá, de observação mesmo, para depois concluir em casa com a intervenção. Mesmo estando 'acostumado' por estar fazendo os desenhos do tamanduateí, esta proposta tinha uma coisa diferente e bem difícil que era interferir de forma tão direta na paisagem retratada, principalmente a questão da escala e o fato de não poder 'esconder' todo o desenho com o novo rio. Ele não estava lá enquanto eu desenhava, tinha que imaginar, e isso numa paisagem reconhecível, como o Anhangabaú, e tão detalhada, foi complicado, confesso que apanhei bem. Ah, já ia esquecendo, infelizmente o concurso não saiu para o nosso lado, mas reitero que foi uma oportunidade incrível de trabalhar com um pessoal tão bacana e animado.

Nenhum comentário: