3 de fevereiro de 2011

o tradicional trânsito de 'feliz ano novo'

Voltando de Paúba depois do ano novo, fiz as acrobacias necessárias para ir do banco do passageiro, na frente, para trás, rebater a metade do banco de trás para poder enfiar a mão no porta-malas, pescar minha câmera para então voltar para frente, botar o cinto, ser zoado pelo meu pai e então poder me 'divertir' um pouco enquanto encarávamos o transitinho mais besta deste começo de ano. Sem fotômetro, claro. (Agora eu já tenho um novo!)


Nenhum comentário: