15 de abril de 2011

manual do guerrilheiro - folha 15.04.2011

Umas ilustraçõezinhas no melhor do estilo 'vapt-vupt' que fiz ontem no finzinho da tarde para este 'manual do guerrilheiro' dos tempos da Dilma militante.

Esta primeira falava sobre como se deveria escrever cartas ou mensagens, sempre variando a caligrafia, trocando de mãos, e usando máquinas de escrever diferentes.
Esta segunda recomendava ficar sempre próximo à porta de saída do ônibus para o caso de emergências.
A terceira já recomendava reuniões pequenas e em locais abertos, sempre.
Nunca se deveria usar telefones particulares para fazer as ligações.

E por fim, a cartilha recomendava cumprimentar estranhos aleatoriamente na rua para despistar os policiais que eventualmente buscassem conexões.

Nenhum comentário: