17 de outubro de 2011

farewell paruba (VI)

Daquelas coisas que só encontramos em casas de veraneio. Briquei com o meu irmão que estava lá comigo: 
- hahaha, e aposto que atrás da porta da cozinha (que era o lugar onde guardávamos este tipo de coisa) encontraremos um daqueles protetores solares de 2002! - Abri a porta e de fato (isso foi puro chute) tinha um daqueles com a validade justamente de 2002. Ai continuei na brincadeira, pegando este tubo de esparadrapo na mão:
- Este esparadrapo aqui, por exemplo, lembro dele há MUITO tempo, deve ser velho pra burro! - olhei atrás e não deu outra, validade OUTUBRO de 1994. Supondo que estas coisas durem de uns 3 a 5 anos, já que não tinha data de fabricação escrita, deve ter sido comprado na época que a minha irmã mais nova nasceu, em outubro de 90. Pura história, uma relíquia que vou guardar com o final de esparadrapo derretido dentro, certeza!




Nenhum comentário: