16 de julho de 2012

Þingvellir - islândia (I)


Þingvellir foi um dos primeiros lugares que visitamos, e um dos mais mágicos, absolutamente incrível. É ao mesmo tempo a zona em que as placas tectônicas da Europa e da América do Norte se separam como também onde acontecia o primeiro parlamento democrático da história da humanidade. O rio que se segue a esta cachoreira corre algumas centenas de metros mais alto que os arredores, dentro da canaleta natural resultado deste afastamento das placas, como num aqueduto, antes de espraiar em charcos, mas as fotos melhores (e não expermentais) foram tiradas com a outra câmera e ainda não escaneei. Estas duas foram tiradas com um daqueles filmes infravermelhos hardcore (que ainda não acertei muito bem como usar) o Efke IR 820 Aura. Depois vou colocando as outras com calma.

Um comentário:

Priscila disse...

nossa, sensacional, danilo!!!