10 de julho de 2013

tombo

 Tirinha publicada no Folhateen de 08.07.2013

2 comentários:

Anônimo disse...

Oi, Danilo. Passei um tempo sem visitar o seu blog, agora estou tirando o atraso e acho que foi melhor assim. Estou tendo uma overdose dos seus pequenos trabalhos.
Adoro seu estilo quando ele vai na direção do surrealismo; Quem também tem muitos desses momentos é o Laerte, de vez em quando o Angeli. Eu adoro materiais assim, por isso sou seu fã. Sou um cara que curte (a revista) Heavy Metal, séries como o Além da Imaginação, filmes como Dark City, Sucker Punch, escritores como o Jorge Luis Borges. Claro que seus momentos de surrealismo não são tão pesados, não tem tanto terror e ficção científica, tanta ação. Mas tem muito lirismo e são instigantes, estimulam a imaginação, não dão o caminho completo mas dão a direção. Sacou? Você consegue fazer muito em pouco espaço.
Deve ser difícil ser comercial sendo, bem, um tanto bizarro (você me entendeu, né? Sem ofensa, é elogio!). Mas seus melhores momentos, seus momentos mais naturais, são esses. Que você continue nessa, que saia uma coletânea deles e/ou graphic novel nesse estilo. Um dia, que seja.

JEB.

daniloz disse...

Cara, muito obrigado!
Você citou uma série ininterrupta de grandes referências minhas, de fato, e fico MUITO feliz de saber que meu trabalho remete ou pode ser associado a elas, principalmente por alguém que curte as mesmas coisas. Mesmo. O bizarro é um elogio para mim, hahaha, não se preocupe, adorei ouvir isso porque é algo que eu procuro, o surreal e o fantástico estão sempre querendo aparecer no meu trabalho, estou escrevendo uma história mais longa neste esquema, inclusive.
Enfim, agradeço muitíssimo o trabalho de escrever um comentário, sei que muitas vezes é chato.
Um abraço!
PS: estou no facebook com atualizações mais constantes, quase diárias, se interessar o link é este aqui: https://www.facebook.com/desenho.daniloz